21 Comentários

  1. Ana

    É possível sim. Mas exige muita dedicação , esforço, simpatia e acima de tudo muita força de vontade. Pq com certeza uma hora a gente se desgasta, outra hora são os comentários q nos deixam para baixo. Porém é muito gratificante também ver seu trabalho sendo aplaudido e reconhecido.

    Responder

  2. Muito bom os cursos, feitos por quem já tem experiencia do que está falando e principalmente nesse meio dos youtubers e influenciadores digitais que está crescendo e tende a crescer cada vez mais, independente de crise. Mais pra frente quero fazer um curso desse, quem sabe o curso da Karyne. Adorei a indicação, bjs!

    Responder

  3. Olá Vanessa, tudo bem?

    Muito interessante este curso. Para mim, só ganhava dinheiro com o Youtube quem tem canais gigantescos, com mais de 100 mil inscritos, por exemplo. Eu assisto algunas youtubers e alguns booktubers e ultimamente tenhos visto reclamando bastante dos adsenses do Youtube que caiu de forma gritante, então não se isso influenciaria neste projeto da Karine, pois até quem tem 5 milhões de inscritos reclama que está ganhando menos de 10 mil por mês, o que praticamente se igualaria ao que a Karine ganha. No momento, ainda tenho muita vergonha de gravar vídeos, mas fiquei interessada pelo conteúdo que ela oferece. Excelente dica!

    Beijos!

    Responder

  4. Até temos um canal no YouTube mas ainda não venci a timidez diante da câmera e isso faz com que nao invista muito tempo com vídeos.

    Responder

  5. Ultimamente tenho pensado sobre esse assunto, de fazer uso tb do youtube, para divulgar o meu trabalho, mas não é fácil sair da zona de conforto. É algo a ponderar…

    Responder

  6. Adorei sua postagem e a temática que resolveu abordar. Confesso que acho sensacional as pessoas que correm atrás de seus objetivos como donas de canais no Youtube, até mesmo por ser um caminho difícil e que exige muita força de vontade e dedicação.
    Parabéns por sua postagem. Um grande abraço!!

    Responder

  7. Olá.
    Acho muito bacana essas pessoas que se dispõem a ajudar aqueles que querem seguir passos que elas já deram. Achei o conteúdo do curso incrível, parece ser realmente muito útil.
    Além disso, fui procurar um vídeo dela no youtube e amei, um amor de pessoa.

    Beijos

    Responder

  8. Admiro muito muito mesmo quem vive de videos acho isso incrível não tenho criatividade para isso mas acredito que quem consegui merece todo sucesso do mundo e parabéns pra ti e sucesso sempre cada vez mais !

    Responder

  9. Eu fico chocada com quem consegue focar nos canais e recebem muito pelo esforço e conteúdo que produzem. E amo quando compartilham a experiência e dicas para um retorno lucrativo e participativo no canal. A Paula Buzzo estava dando dicas para o pessoal não tem muito tempo, vi todo mundo interagindo com ela de tal maneira que olha, fiquei até com vontade de começar a gravar. Para quem é youtuber, é de extremo custo benefício afinal o mundo está aí para ser explorado e nada melhor que usar o Youtube em nosso favor. Amei a postagem, beijão.

    Responder

  10. Eu acredito para viver no YouTube, mas tudo depende da força de vontade de ousadia e coragem, porque todos podem até mesmo viver através do blog, mas precisa fazer aparecer. É como o melhor aluno no início para chegar lá é necessário lutar.

    Responder

  11. Eu até toparia ser youtuber mas por enquanto não. Sou tímida até para dizer oi, imagine ficar de frente para câmera. Dá um branco e eu ia acabar pagando mico.

    Responder

  12. A internet hoje está aberta a novos talentos e pessoas dispostas a mergulhar sem medo nesse universo. As dicas de pessoas que já passaram por todo o processo e conseguiu seu lugar ao sol sempre são importantes e podem encurtar o caminho. Pelos itens tratados no curso, acredito que pode ser sim de grande utilidade.

    Responder

  13. Acho bastante interessante quem faz vídeos, o youtube está aí quem gosta de vídeos é uma chance fantástica de unir o que gosta e ao mesmo tempo ganhar dinheiro, fazer do youtube uma profissão de verdade. Fiquei bestante impressionada que se pode ganhar até 6 mil reais por mês se dedicando em vídeos, esse curso é uma oportunidade de ouro pra quem gosta de fazer vídeo, além de ser um lindo trabalho, bjs.

    Responder

  14. É verdade mais nó do youtube de todas as redes sociais eu adoro esses post♥ ajuda muito muitos bem explicados , eu gosto muito de blog vou me dedicar mais

    Responder

  15. Sempre sonhei em viver do youtube mas sempre tive vergonha pra gravar videos e aí partimos mais pro blog. Deve ser gratificante fazer algo que você ama e ainda ganhar grana com isto mas ultimamente estou vendo tantos youtubbers falar sobre o adsense, que não está exibindo mais tantas propagandas e diminuindo assim a grana do pessoal que fiquei meio receosa em continuar com o youtube. Você sabe algo a respeito?
    E sobre o curso deve ser ótimo pois a gente grava videos e outras coisas a mais enão consegue o retorno que desejamos. talvez tenhamos feito algo de errado né

    Responder

  16. Sempre acreditei que é possível viver do youtube e suas dicas ajuda muito quem ainda ta no começo, mas hoje eu tenho medo de arriscar depois das mudanças que o youtube vem fazendo já que ta prejudicando MUITOS youtuber que só vivia disso.

    Responder

  17. Realmente dá para viver de Youtube!
    Admiro bastante quem trabalha com vídeos e em breve estarei lançando o meu, se Deus quiser! >.<
    Parabéns, sucesso!!
    <3

    Responder
  18. Daiana Fant

    Gente, que oportunidade incrível! Desde que esse sucesso do youtube se iniciou, eu penso muito nisso se é possível e se eu conseguiria… tô feliz que uma moça tenha conseguido um baita sucesso, inclusive ganhando seis mil ao mês! Estou super curiosa com esse curso, parece super efetivo e, por devolver o dinheiro caso eu não me adapte, tenho muito mais fé na ideia do que poderia. Estou impressionada e preciso disso. Agora é juntar os centavinhos, quebrar o porquinho para pagar *-* Parece excelente curso

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *